Rua Voluntários da Pátria 487/ Sala 906-907, Palladium Office Center - Pelinca, Campos dos Goytacazes

Osteopatia como meio terapêutico nas disfunções temporomandibulares e dores orofaciais / Osteopathy as a therapeutic means in temporomandibular disorders and orofacial pain

05/12/2018 10:34:12 Avanços na Saúde e Fisioterapia

Osteopatia como meio terapêutico nas disfunções temporomandibulares e dores orofaciais

A disfunção temporomandibular (DTM) é hoje considerada uma das principais causas de dor orofacial na população mundial. É uma patologiaassistida de forma multidisciplinar, tendo a osteopatia como uma alternativa terapêutica. O objetivo deste estudo foi verificar a influência das manobras osteopáticas de Thrust Global inespecífico em OAA (occipital, atlas e axis) e de Thrust específico em C3, na dor dos indivíduos com DTM e dores orofaciais, por meio de examescomplementares. Os pacientes foram selecionados através do questionário RDC/TMD (ResearchDiagnostic Criteria for temporomandibular disorders) e encaminhados para examescomplementares (teste da artéria vertebral cerebral, teste de deslizamento anteroposterior da vertebra cervical C3, EVA, algômetro e TCC). O questionário foi aplicado por um odontólogo treinado e o estudo foi cego para o fisioterapeuta, que realizou as manobras osteopáticas. Os dados foram obtidos em quatro tempos (controletempo zero, 48 h e 2 meses após as manobras) e os resultados foram tabulados e avaliados estatisticamente por análise não paramétrica (testes de Friedman e Wilcoxon), com nível de significância de 5%. Os resultados revelaram melhora na dor orofacial, comprovada através de EVA (<0,001) e algômetro para os músculos TD (0,047), MD (0,001) e ME (0,002) que mostraram diferença significativa entre todos os tempos do estudo, comparado ao tempo controle. Para o músculo TE (0,09) a diferença significativa ocorreu apenas no tempo 60 dias, comparado ao tempocontrole e tempo zero. As imagens da TCC mostraram diminuição significativa do espaço intervertebral anterior dos níveis da coluna cervical C2-C3 (0,05) e C3-C4 (0,035). O estudo concluiu que a osteopatia pode ser utilizada como meio A disfunção temporomandibular (DTM) é hoje considerada uma das principais causas de dor orofacial na população mundial. É uma patologia assistida de forma multidisciplinar, tendo a osteopatia como uma alternativa terapêutica.

Para ler o artigo completo, baixe o arquivo anexado!

Notícias Recentes

Um artigo recentemente publicado pela Journal of the American Medical Association (JAMA), é uma revista científica de medicina publicada 48 vezes por ano pela American Medical Association teve o objetivo de avaliar se a fisioterapia é inferior à meniscectomia parcial artroscópica para melhorar a função do joelho em pacientes com rupturas meniscais. Clique para ler sobre.
Recentemente, a Journal of Athletic Training (NATA), associação profissional internacional para instrutores esportivos publicou um artigo comparando os efeitos de 12 semanas de reabilitação imediata versus tradicional nos efeitos da junção miotendínea gastrocnemial medial e força isométrica de flexão plantar em pacientes com reparo percutâneo de Tendão de Aquiles (TA) e para comparar escores de ruptura de TA (ATRSs) durante o acompanhamento. Clique para ler mais sobre.
A fascite plantar (FP) é uma condição dolorosa comum sob o calcanhar do pé, afetando aproximadamente 10% da população durante a sua vida. Em 2017, a Elsevier, maior editora de literatura médica e científica do mundo, publicou um artigo sobre este tema e discutiu sua abordagem fisioterapêutica. Leia o artigo na íntegra.
Recentemente o International Journal of Lightweight Materials and Manufacture, publicou um artigo analisando os materiais usados para a confecção de palmilha diabética, demonstrando seus efeitos e determinando os melhores materiais para confecção de palmilha diabética, evitando assim, a ulceração. Leia o artigo completo na íntegra.